5.5.09

Caminho de Santiago II

Finalmente consegui pesquisar na internet todos os horários dos vários autocarros /comboios que vou ter que apanhar até Sarria.. onde conto iniciar o percurso. Por muito estúpido que isto pareça, não foi fácil. Nós temos a Rede Expressos... eles têm não sei quantas companhias... enfim! Isso já está!
Seguindo os conselhos do meu primo Nuno, comprei umas meias de caminhada "anti-bolhas" e tenho feito umas caminhadas com elas! Devo dizer que me agradaram... pareciam grossas e demasiado quentes, mas revelaram-se muito confortáveis e reforçadas justamente nas zonas mais sujeitas a atrito. Não são propriamente baratas mas parecem valer o investimento.
Comprei uma bolsa tipo alforge... uma mariquice para levar os documentos, credencial, mapas, dinheiro e afins.
A minha aquisição preferida até agora (por falar em aquisições, tou para ver em quanto me vai ficar esta brincadeira...) foi a toalha de banho... outra dica do meu primo Nuno. Parece uma daquelas lonas de lavar o carro: tanto no tipo de tecido como no tamanho... vou leva-la uns dias para o ginasio para fazer a experiência, e verificar se é tão absorvente, e de secagem tão rápida, como dizem. Bem, pelo menos é leve e ocupa um espaço mínimo, e ainda traz um bolsinha de rede (outra daquelas mariquices geniais) para pendurar na mochila e permitir secar!
Não consigo é encontrar um guia do caminho em lado nenhum. Em todas as livrarias que fui, só por encomenda e demora uma eternidade! Acho que vou ter mesmo que o comprar pela internet...
Vou actualizando...

Um comentário:

atravesdajanela disse...

Ois Dina!

A caminhada a Santiago está nos meus projectos mas nunca a fiz! Já fiz a Fátima 120 km em 4 dias...

Há alturas da caminhada em que a pessoa pensa em desistir, pensa que não consegue. É aí que surge uma força que nos impele a continuar.

Ir a Santiago é mais do que uma caminhada longa. É, como em qualquer peregrinação, uma caminhada interior manifestada numa caminhada exterior. É nesta simbiose que o Caminho se faz!

Conselhos práticos: evita parar, sai de manhã cedo para caminhares pela fresca; leva o mínimo de peso possível (mas isso já sabes); logo que sintas alguma areia ou pedra no sapato tens que tirar para evitar feridas; leva picalm; leva uns pacotes de sais para adicionar à água. Todos estes conselhos estão nos livros e sites... Cada experiência é uma experiência, não há duas iguais ;) Desejo-t a maior sorte, muita fé e muita força!!

Jokas